🚫 Os 3 ERROS mais GRAVES da INSTALAÇÃO de AR CONDICIONADO e como EVITÁ-LOS

🚫 Os 3 ERROS mais GRAVES da INSTALAÇÃO de AR CONDICIONADO e como EVITÁ-LOS

👉 LINK de INSCRIÇÃO: https://www.cursodeeletricista.net/prof-inst-ar-condicionado07

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional:
https://eletr.co/aula?utm_content=yt1-vd1047 />——

📣 COMUNIDADE FAAALA ENGEHALL 📣
Junte-se à nossa comunidade no WhatsApp para receber dicas e novidades valiosas na área elétrica, informações importantes e muito mais. 😉
👉
https://eletr.co/fala-eng?utm_content= />——

Gostou desse vídeo? 😍
✔️ Deixe seu comentário e compartilhe com os amigos
✔️ Siga nossas redes ➽
https://eletr.co/links
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

Os 3 ERROS mais GRAVES da INSTALAÇÃO de AR CONDICIONADO e como EVITÁ-LOS

ERRO 1 – Ligação Elétrica das máquinas
O que mais vemos por aí nas manutenções do dia a dia é a ligação elétrica das máquinas sendo feita com o cabo direto nos bornes a parafuso sem ter uma conexão elétrica adequada.
Fazer a ligação dessa forma, aumenta muito a chance de mal contato já que os filamentos do cabo flexível praticamente se abrem todos ao fazer o aperto do parafuso.

O jeito certo de fazer essa ligação é o que recomenda a grande maioria dos fabricantes de ar condicionado. Eles exigem o uso de terminais elétricos, (de preferência do tipo garfo ou olhal) para fazer a conexão nos bornes das máquinas que são sempre a parafuso, isso garante confiança na conexão, evita mal contato e dependendo da situação, por causa de possíveis vibrações, evita até curto circuito caso um cabo se solte.

Para quem já é um eletricista profissional isso parece besteira né pessoal, só que a grande maioria dos instaladores de ar condicionado não tem conhecimento básico sequer na parte elétrica, então infelizmente a gente vê muito desse erro.

ERRO 2 – Fazer curvas na tubulação
Aqui nós temos um exemplo claro de estrangulamento da tubulação causado por uma dobra mal feita na tubulação sem as ferramentas adequadas. Muitos profissionais querem dobrar na mão essa tubulação e posso dizer que na grande maioria das vezes a tubulação não consegue acompanhar a deflexão e vai causar esse estrangulamento desnecessário.

A solução para este tipo de problema é muito simples e se chama “mola curvadora”. Essa ferramenta garante uma dobradura 100% perfeita, sem que amasse a tubulação. Tirando o fato de que você pode fazer curvas no ângulo que precisar sem muito esforço, afinal a mola se ajusta ao tubo não deixando acontecer nenhuma deformação.

A propósito, essa mola é tão importante que alguns fabricantes até mandam ela junto com algumas máquinas, justamente para incentivar ao instalador a deixar a “junguncisse de lado e fazer o trem direito” né…

ERRO 3 – Flanges mal feitas
Desde que comecei a entender um pouco mais da área de climatização, percebi que boa parte dos defeitos pós instalação são causados por conexões mal feitas!
As flanges são pontos de conexão roscáveis da tubulação de cobre, feitos justamente para facilitar a instalação e futura remoção das máquinas em caso de manutenção.

O que acontece muitas vezes é que o instalador não capricha no processo de flangeamento. Ele muitas vezes não usa as ferramentas adequadas e como é um ponto de conexão rosqueável, tende a dar vazamento imediato, ou muitas vezes em pouco tempo, e a consequência disso é a perda de pressurização do sistema.

Para evitar este tipo de problema o instalador deve usar as ferramentas corretas e seguir o procedimento de flangeamento. Deve-se primeiro fazer o corte usando um cortador de tubos de cobre, em seguida fazer a limpeza da ponta com lima chata e também um escareador de tubos, depois colocar o tubo no gabarito correto e por fim usar um flangeador adequado para abrir a flange.

Para saber se a flange ficou bem feita é só fazer uma inspeção visual em busca de uma superfície lisa na ponta do tubo, e posteriormente conferir se a porca está correndo livremente, se ela de fato não está agarrando em nenhum ponto.