Como ESCOLHER a LÂMPADA CERTA para cada AMBIENTE? 🤔💡

Como ESCOLHER a LÂMPADA CERTA para cada AMBIENTE? 🤔💡

Link do perfil 👉 https://eletr.co/links_bio

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional:
https://eletr.co/aula?utm_content=yt1-vd1089 />——
Como ESCOLHER a LÂMPADA CERTA para cada AMBIENTE?

No vídeo de hoje, você irá aprender 03 coisas:
1 – Qual a diferença entre a “LUZ” fria, quente e neutra.
2 – Como descobrir o fluxo luminoso e evitar prejuízos.
3 – Qual a lâmpada ideal para iluminação (geral, decorativa, destaque)

Começando o item 1 – O que é LUZ NEUTRA, QUENTE E FRIA?
Tecnicamente chamamos isso de “TEMPERATURA DE COR”
A luz NEUTRA tem seu tom mais claro, nem tão amarelo nem tão branco, a sua temperatura de cor está entre 3500K a 4500K. Para quem não sabe esse “K” refere-se a unidade de medida que é dada em KELVIN (K).
A luz neutra é ideal para as mulheres que gostam de fazer maquiagem em frente ao espelho.
É aquela lâmpada intermediária, ela tem a temperatura de cor entre a quente e a fria, ou seja, um meio termo, podendo ser usada a vontade, onde ela é a que mais vai reproduzir as cores reais de sua decoração (como se estivesse ao ar livre)

A luz QUENTE já é totalmente amarelada, sua temperatura é entre 2700K e 3500K. É aquela lâmpada de aconchego, o conforto se assemelha mais a luz do sol, mais usuais em quartos, salas TV e de jantar, locais de descanso e relaxamento, salas de massagem, etc, seja para ver uma TV, dormir ou até mesmo receber os amigos para um filme.

Já a luz FRIA é a totalmente branca, sua temperatura fica entre 4500K e 6500K. Essa é muito usada em banheiro, cozinha, mais usuais em áreas de atenção, locais de trabalho que necessitam de uma iluminação mais clara, que requer mais atenção no que está fazendo, mas se exagerar, sua casa vai ficar parecendo um bloco cirúrgico de hospital, uma farmácia de tão branco. Ok, falamos de temperatura de cor, agora é hora do item 2 – Como descobrir o fluxo luminoso e evitar prejuízos.

O fluxo luminoso é a intensidade de luz que uma lâmpada entrega. A unidade de medida dele é o LÚMEN. E existem recomendações determinando quantidade de lumens por cada m² de um ambiente.
Por exemplo, em uma sala de estar com pé direito normal, quando pensamos na iluminação geral dela, é necessário uma lâmpada que entregue entre 900 e 1500 lumens. Então na hora de comprar uma lâmpada para essa sala, é bom olhar na embalagem dela, quantos lúmens ela entrega e não se esqueça do que já aprendemos anteriormente, de preferência lâmpada quente.

E por fim o item 3 – Qual a lâmpada ideal para os diferentes tipos de iluminação. Basicamente, vamos ter 3 tipos de iluminação diferentes:
1 – Iluminação geral
2 – Iluminação para destaque
3 – Iluminação decorativa

Vamos começar com a iluminação geral, a que você usa para iluminar um ambiente como um todo, a que mais se usa hoje em dia em cozinha, área de serviço, varandas, e comércios. A lâmpada mais usada é a de BULBO, aquela com bocal E27 que você com certeza tem aí em casa, seria uma iluminação funcional, e até mesmo as lâmpadas tubulares de LED aquelas de 60 ou 120cm muito usadas em comércio, escritório e até em varanda de residências.

Já a iluminação de destaque onde para você destacar pontos na decoração usamos muitos spots seja de embutir, sobrepor ou até mesmo em trilhos (famosa iluminação estilo industrial) que são para direcionar iluminação naquele ponto que desejamos um destaque maior. assim é muito usado as lâmpadas dicroicas e também as famosas lâmpadas PAR 20 e PAR 30 a diferença está no diâmetro das lâmpadas e a amplidão do foco de iluminação sendo que alguns modelos são blindadas ( com proteção IP ) podendo ficar em locais úmidos e ou molhados.
Mas se você deseja um foco maior, aquele feixe de luz focado pode optar pelas lâmpadas AR70 e AR111 pois com elas vai conseguir direcionar a iluminação direta no ponto que deseja destacar e deixar o ambiente em volta sem iluminação.

E por fim a iluminação decorativa, nada mais é que aquelas lâmpadas com filamentos em destaque, neste quesito tem alguns modelos de lâmpadas diferentes ( exóticas kkk ) como a BALOON, VELA, BOLINHA, e mesmo as de BULBO tradicional sendo elas opacas ou transparentes as quais mostram os filamentos deixando um toque aconchegando, mais VINTAGE. Aí vem uma dica, procure modelos com uma potência menor como 2 ou 3w pois assim elas ocasionam um brilho aconchegante sem incomodar a sua visão.

E não podemos deixar de falar das fitas de LED, mangueiras de LED, e até os queridinhos perfis de LED, onde são muito usadas em sancas no teto, em móveis, prateleiras de lojas assim é criado uma iluminação indireta nestes locais e principalmente decorando bastante os ambientes, deixando muito moderno. Além dos três itens que listamos acima, pessoal, ainda é bom estudar um pouco mais sobre o IRC – Índice de reprodução de cor.