Eletricista Iniciante: TABELA simplificada para definir CIRCUITOS e dimensionar CABOS 😲📝

Eletricista Iniciante: TABELA simplificada para definir CIRCUITOS e dimensionar CABOS 😲📝

👉 DOWNLOAD da PLANILHA: https://eletr.co/dim-inst

👉 Evento Guerra ao Zé Faísca : https://eletr.co/aula-red2

——
✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Link da tabela ➽ https://eletr.co/dim-inst
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
Para quem perdeu o primeiro episódio, vou explicar o que está acontecendo.
Desta vez decidimos inovar e vamos mostrar como fazer a instalação elétrica de uma casa.
Só tem um pequeno detalhe. Será uma instalação feita em toda em 3D.
No episódio anterior vocês puderam acompanhar como fizemos a distribuição dos pontos de iluminação e tomadas. Foi uma aula bem interessante, pra começar com o pé direito mesmo!

Já no episódio de hoje vamos definir os circuitos e dimensionar cabos e disjuntores para atender a estes circuitos, de uma forma simples e rápida usando uma tabela insana criada por nós mesmos que vai automatizar tudo pra você, lembrando que no final da aula você vai poder baixar uma cópia gratuitamente.

Turma, a primeira coisa que precisamos fazer é separar os circuitos, isso garante a segurança da instalação elétrica e evita sobrecargas.
E para organizar este serviço, vamos utilizar a tabela de cargas simplificadas da Engehall.
E vamos separar esta instalação da seguinte maneira:

Circuito 1 – Iluminação interna da casa
Circuito 2 – Iluminação externa da casa
Circuito 3 – Tomadas da sala e suíte
Circuito 4 – Tomadas dos quartos
Circuito 5 – Tomadas dos banheiros
Circuito 6 – Tomadas da cozinha
Circuito 7 – Tomadas da área de serviço
Circuito 8 – Chuveiro da suíte e
Circuito 9 – Chuveiro social.

Separados os circuitos, vamos dimensionar os cabos e as proteções para atender a estes circuitos. Porém, antes, precisamos saber quanto de carga cada circuito deve possuir. Este dimensionamento é importante para evitar o superaquecimento dos cabos/fios e evitar desligamentos desnecessários.

E para saber qual carga precisamos prever, novamente precisamos recorrer a dona norma.
Essa previsão de carga turma é apenas quando não se tem o projeto Luminotécnico do projeto. Caso exista este projeto, você deve atender a ele, certo?

E para facilitar nossos cálculos, vamos adotar 100W para cada ponto de luz. Sendo assim, como temos 10 pontos de luz dentro da residência e 10 pontos de luz do lado externo, vamos prever 1000W para cada circuito.
“Mas André, a norma está falando VA e você está utilizando W, não está errado?”
Na verdade, meu querido, estamos utilizando fator de potência unitário nesta obra, por se tratar que uma residência pequena e que mesmo aplicando o fator de potência não fará tanta diferença no valor da carga. Além disso, facilita nossos cálculos.

Sendo assim, para atender ao circuito 3, precisamos prever uma carga de 1300W e para o circuito 4, 800W, já que nestes ambientes a norma pede 100W por ponto.
Já para o circuito 5, precisamos prever uma carga de 1200W, para o circuito 6, 2100W e para o circuito 7, 1800W, já que devemos prever 600 VA por ponto de tomada, até três pontos, e 100 VA para os excedentes.
Como os circuitos 8 e 9 são exclusivos, a carga é baseada na potência do equipamento, que neste caso está previsto em 6800W.

E com as cargas de cada circuito em mãos, basta inserirmos a tensão dos circuitos que a tabela já nos fornece corrente total do circuito de forma automática.

Agora basta escolher o disjuntor adequado para cada circuito, levando em consideração a corrente nominal dos equipamentos e a capacidade dos cabos E por falar em cabos, para iluminação vamos adotar 1,5mm2, conforme prevê a NBR5410. Agora, para as tomadas dos quartos, sala e banheiros, vamos adotar cabos de 2,5mm2, também como prevê a norma. Já para o circuito da cozinha e da área de serviço, vamos adotar cabos de 4,0mm2, já que não sabemos quais equipamentos serão utilizados nestes lugares.

E por fim, para os chuveiros, vamos adotar cabos de 6,0mm2 .

Simples demais né turma? Com essas informações, você pode criar um projeto de instalação elétrica para a sua residência, respeitando as normas de segurança e garantindo o bom funcionamento dos equipamentos.

No próximo episódio voltamos pra obra 3D.
Teremos uma aula específica para analisar os ambientes da casa e escolher o melhor local para instalar o quadro de distribuição, vulgo QDC. Isso é um ponto que muitos eletricistas ficam na dúvida, então vamos falar das possibilidades que temos lá!

Pra você que gostou dessa tabela, e ainda quer usá-la de forma automática, só preencher os dados e ela já ir calculando pra você. Estou deixando um link para você fazer o download gratuito dela, preenche seu nome e e-mail que eu já mando ela direto no seu e-mail.

Um grande abraço e até a próxima aula meus queridos!