O que é nr 17: GUIA COMPLETO para ergonomia no trabalho

Você sabia que o ambiente onde você trabalha pode afetar diretamente a sua saúde? Se você sente cansaço, dores ou estresse excessivo por causa do trabalho, você precisa saber o que é nr 17. Ela é a norma regulamentadora que estabelece os parâmetros de adaptação das condições de trabalho ao bem estar do trabalhador. Esse artigo é um GUIA COMPLETO sobre ergonomia e nr17 pra você aumentar sua produtividade e saúde no trabalho.

o que é  nr 7

No Brasil, trabalha-se em média 44 horas por semana. São 176 horas por mês e 2.112 horas por ano. Você investe boa parte da sua energia física e mental no trabalho. Por isso, a maneira como você trabalha e as condições do ambiente podem cooperar para sua produtividade. Mas sem uma estrutura orientada para o bem estar do trabalhador, sua saúde com certeza vai estar comprometida.

O que é NR 17?

Você sabe o que é nr 17? É ela que regulamenta os parâmetros para que as condições do seu trabalho se adequem as suas necessidades físicas e psicológicas. Além disso, a norma estabelece medidas para prevenir doenças ocupacionais, preservando sua segurança, saúde e desempenho no trabalho.

Em primeiro lugar, a CTL – Consolidação das Leis do Trabalho, foi uma conquista para o trabalhador. Ela garante os direitos e deveres das empresas e protege a dignidade humana dos colaboradores.

Você se imagina em uma empresa que explora seu trabalho e não considera seus limites? Eu tenho certeza que não. Esse é o pesadelo de qualquer profissional.

Logo depois da CLT, novas necessidades surgiram. Foi então que a Medicina Ocupacional do Ministério do Trabalho aprovou em 1978 a criação das Normas Regulamentadoras.

Também conhecidas como NRs, as normas regulamentam os procedimentos obrigatórios para que a saúde e segurança do trabalhador sejam preservadas. São 37 normas que se aplicam a diferentes áreas de trabalho.

A nr 17 também é conhecida como a “norma da ergonomia”. Ela foi aprovada somente em 1990. Nesse sentido, os estudos ergonômicos ainda são muito recentes no Brasil. Afinal, você sabe o que é ergonomia?

O que é ergonomia?

Primeiramente, ergonomia é uma ciência que estuda a relação que o homem tem com as condições do trabalho. O objetivo é estabelecer meios para melhorar esse relacionamento. Portanto, ela considera as condições dos espaços físicos das empresas e a organização dos processos na sua rotina.

O conceito ergonomia foi usado pela primeira vez em 1857. Mas desde a Pré história o ser humano adapta as condições ao seu redor para garantir sua sobrevivência. Hoje ele já é uma ideia explorada não apenas no trabalho, mas também no esporte e até no lazer.

A Ergonomia na prática, é um conjunto de regras que buscam o cuidado com a saúde do profissional, dentro e fora do ambiente de trabalho. Ela estuda as interações existentes entre o homem, as máquinas e os equipamentos.

Agora, você já parou para pensar na forma como você faz o seu trabalho? Essa é a preocupação da ergonomia.

O conforto proporcionado para o trabalhador, quando a Ergonomia é levada em consideração, é capaz e criar medidas preventivas e minimizar doenças ocupacionais.

Áreas da ergonomia

A ergonomia pode ser dividida em três âmbitos: ergonomia cognitiva, ergonomia física e ergonomia organizacional. Cada uma delas trata de uma parte específica da relação entre funcionário e trabalho.

A ergonomia cognitiva diz respeito à saúde mental, ao equilíbrio e aos processos mentais do indivíduo ao executar suas atividades no trabalho. Ou seja, o raciocínio, a memória, a concentração, a tomada de decisão, a percepção.

A ergonomia organizacional envolve a gestão empresarial, como canais de comunicação, projetos de participação multidisciplinar e colaborativos, feedbacks, dentre outros. Basicamente, é o próprio funcionamento do ser humano para estabelecer boas relações e manter a motivação e a qualidade de vida.

A ergonomia física tem relação com a anatomia humana. Estudos que envolvem a fisiologia, antropometria e biomecânica do corpo humano estabelecem normas para adequar o espaço de trabalho e garantir a saúde das pessoas ao longo da jornada de trabalho.

A ergonomia física define parâmetros para a postura correta ao usar máquinas, computadores, cadeiras e movimentos repetitivos.

Portanto, todas as formas de ergonomia se unem para promover uma qualidade de vida ao trabalhador em seu ambiente de trabalho e motivá-lo.

Por que ergonomia é importante?

Se dores no corpo, estresse e fadiga fazem parte da sua rotina de trabalho, você pode ligar o alerta vermelho!

Aquela ideia de que o bom profissional sacrifica até a sua saúde pelo trabalho é ultrapassada. Segundo estudo realizado nos Estados Unidos, as empresas que prezam pelo bem-estar dos funcionário são até 235% mais eficientes.

O professor de Medicina do Trabalho da USP Laerte Sznelwar, afirma que “É preciso definir os tempos de trabalho, os ritmos, as relações hierárquicas, as possibilidades de contato que as pessoas têm. É evidente que tudo isso gera um impacto enorme na saúde, tanto para promovê-la quanto para criar problemas para as pessoas.”

Portanto, se você quer aumentar sua eficiência no trabalho, a ergonomia é o primeiro passo. Saber o que é nr 17 e como aplica-la na sua rotina pode mudar sua relação com o trabalho.

Qual o objetivo da NR17 ?

A NR 17 se aplica a todas as situações de trabalho. Dessa forma, ela analisa vários aspectos do ambiente de trabalho e deve ser seguida por todos os colaboradores, independente do setor de atuação de cada um.

Os principais objetivos da NR 17 estão relacionados à melhoria do bem-estar individual e coletivo, proporcionando o máximo de segurança e conforto a todos os colaboradores.

Alguns objetivos específicos da norma são:

  • Levantamento, transporte e descarga individual de materiais:

Relaciona o peso da carga e a capacidade física do indivíduo, para buscar um cuidado com a saúde física e com a segurança do funcionário.

É bom ressaltar que a norma tem uma preocupação especial com jovens de 14 a 18 anos:

17.2.1.2 Transporte manual regular de cargas designa toda atividade realizada de maneira contínua ou que inclua, mesmo de forma descontínua, o transporte manual de cargas. 

17.2.1.3 Trabalhador jovem designa todo trabalhador com idade inferior a dezoito anos e maior de quatorze anos. 

17.2.2 Não deverá ser exigido nem admitido o transporte manual de cargas, por um trabalhador cujo peso seja suscetível de comprometer sua saúde ou sua segurança. 

17.2.3 Todo trabalhador designado para o transporte manual regular de cargas, que não as leves, deve receber treinamento ou instruções satisfatórias quanto aos métodos de trabalho que deverá utilizar, com vistas a salvaguardar sua saúde e prevenir acidentes. 

17.2.4 Com vistas a limitar ou facilitar o transporte manual de cargas deverão ser usados meios técnicos apropriados. 

17.2.5 Quando mulheres e trabalhadores jovens forem designados para o transporte manual de cargas, o peso máximo destas cargas deverá ser nitidamente inferior àquele admitido para os homens, para não comprometer a sua saúde ou a sua segurança.”

  • Mobiliário dos postos de trabalho:

É o planejamento adequado dos móveis, adequando-os para que sejam adequados à forma de trabalho e à postura do trabalhador. Por exemplo, para profissionais de escritório ou atendimento telefônico, a norma estabelece algumas especificações.

  • Equipamentos dos postos de trabalho

Trata-se dos equipamentos utilizados em cada atividade laboral. Essa área busca adequar essas ferramentas às características psicofisiológicas do trabalhador.

  • Condições Ambientais de Trabalho

Está relacionada ao ruído e à iluminação adequada para a execução de determinada atividade.

Como organizar o ambiente de trabalho?

Em primeiro lugar, a empresa deve fazer uma organização ergonômica preliminar das condições de trabalho que ela oferece. Se alguma necessidade de avaliação mais profunda, ou se for identificada alguma inadequação, ela deve realizar uma Análise Ergonômica do Trabalho (AET)

A AET deve ter as seguintes etapas:

  • Análise da demanda
  • Análise do funcionamento da organização e dos processos de trabalho
  • Descrição e justificativa para definir métodos, técnicas e ferramentas
  • Diagnostico
  • Recomendações para as condições de trabalho
  • Revisão das intervenções feitas

Os colaboradores devem ser ouvidos durante todo processo de avaliação. Da mesma forma, o relatório da AET deve ficar à disposição na empresa por um prazo de 20 anos.

Toda organização do trabalho deve levar em consideração:

  • As normas de produção
  • O modo operatório
  • A exigência de tempo
  • O ritmo de trabalho
  • O conteúdo das tarefas
  • Os aspectos cognitivos que podem comprometer a saúde do trabalhador.

É importante valorizar todos os tipos de Ergonomia. Para implementar a Ergonomia cognitiva, por exemplo, você pode implementar algumas medidas: criar jornadas de trabalho flexíveis, criar uma boa comunicação entre os funcionários, promover treinamentos e atualizações, manter o espaço físico agradável e confortável.

 

NR17 e medidas de prevenção

Saber o que é NR17 muda sua consciência no trabalho. Antes de chegar ao seu limite, existe uma serie de medidas que a norma traz para prevenir as lesões, doenças ocupacionais, acidentes de trabalho, estresse e fadiga excessiva.

A importância das pausas

As pausas são necessárias para recuperação física, mental e emocional dos trabalhadores. Elas fazem parte do tempo de trabalho efetivo, por isso, respeite seu tempo de pausa. Nada de tirar pausas e continuar trabalhando. Nada de tirar pausa e fazer outro tipo de trabalho.

“Sociedade do cansaço” foi o termo que o filosofo sul-coreano Byung-Chul Han usou para descrer o sintoma de uma sociedade que hipervaloriza a produtividade e excesso de positividade.  Mas segundo ele, “O excesso de trabalho e desempenho agudiza-se numa auto exploração. […]”

Você sabe aproveitar bem os momentos de pausa?

A nr 17 também traz outras medidas preventivas como alternativas para diminuir os incômodos nas condições de trabalho:

  • Alternar as atividades com outras tarefas que permitem mudar a postura e o ritmo de trabalho
  • Alterar a maneira de organizar e fazer a tarefa

Quais são os benefícios da NR 17?

A ergonomia oferece um trabalho mais agradável e muda a ideia de que o trabalho é um sacrifício. Dessa forma, existem muitos benefícios quando você segue a NR 17  corretamente.

Por fim, vamos listar algumas vantagens que a nr 17 pode te dar:

  • Favorece a memória e a concentração;
  • Diminui a ansiedade e a depressão entre os trabalhadores, bem como o número de demissões;
  • Promove motivação e a qualidade de vida;
  • Ajuda na assertividade em tomadas de decisões;
  • Aumenta a produtividade;
  • Impacto positivo na saúde pública, na seguridade social, na economia;
  • Proporciona um ambiente de trabalho saudável;
  • Reforça a imagem positiva e a reputação da empresa;

Não cumprir as medidas da NR 17 culmina em várias sanções negativas para a empresa. Além das inúmeras consequências ruins para a saúde e segurança do trabalhador.

Enfim, nenhum retorno financeiro compensa um desgaste físico e emocional em função do trabalho.  Seja um profissional que produz acima da média, porque entende e respeita seus limites, e por isso pode se organizar melhor.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Posts Relacionados:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.