QUEM DIRIA que essa INVENÇÃO daria CERTO na OBRA 😱

QUEM DIRIA que essa INVENÇÃO daria CERTO na OBRA 😱

Para baixar as etiquetas: https://eletr.co/etiquetas
⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional:
https://eletr.co/aula?utm_content=yt1-vd529 />——

📣 COMUNIDADE FAAALA ENGEHALL 📣
Junte-se à nossa comunidade no WhatsApp para receber dicas e novidades valiosas na área elétrica, informações importantes e muito mais. 😉
👉
https://eletr.co/fala-eng?utm_content= />——

Gostou desse vídeo? 😍
✔️ Deixe seu comentário e compartilhe com os amigos
✔️ Siga nossas redes ➽
https://eletr.co/links
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

QUEM DIRIA que essa INVENÇÃO daria CERTO na OBRA

Galera essa aqui é uma loja de banheiras daqui de Belo Horizonte. Fomos contratados para colocar um quadro de distribuição externo exclusivo para alimentação e proteção dos spas que eles usam de mostruário. Conforme pedido do cliente, o quadro ficará fixado no muro e escondido ao lado desses arbustos, daqui iremos sair com duas tubulações, uma subterrânea para alimentar esse spa no deck de madeira e outra tubulação irá para o fundo da loja para alimentar outro SPA. A alimentação elétrica do nosso quadro sairá direto do padrão.

O Charles começou fazendo a vala no chão para passar o eletroduto de alimentação do primeiro SPA. Pra nossa sorte o terreno tinha apenas uma brita e logo abaixo já estava na terra, ele primeiro separou a brita pra não sujar e depois cavou em média 15 centímetros para embutir essa tubulação.

Olhem só a casa de máquina desse SPA, o cliente vai colocar aquecimento solar nesse modelo, então será necessário cabeamento de apenas 2,5mm² para alimentação da bomba de hidromassagem que tem 3/4cv e é 220V. Mas mesmo assim optamos usar um eletroduto de 1 polegada, pois o cliente pode optar no futuro trocar o mostruário e colocar um aquecedor elétrico, daí será necessário trocar o cabeamento e o disjuntor, mas a infraestrutura já fica pronta e apta pra receber a alteração.

Estes são os materiais utilizados: Eletrodutos pvc de 1 polegada, curvas para eletrodutos, buchas, parafusos, abraçadeiras tipo cunha, unidut, cabeçote, espaguete termo retrátil, conectores perfurantes para ligar no padrão, cabos 16mm para alimentação do qdc e aterramento, cabos 2,5mm para ligação do primeiro SPA e claro nosso quadro de distribuição totalmente vedado e personalizado pela engehall.

Bom aqui no estúdio vamos utilizar um quadro de distribuição hermético IP65, ou seja, é um quadro altamente vedado contra infiltração de água e poeira. Ele tem capacidade para 12 disjuntores, vamos usar aqui 2 DPS para proteção das duas fases, um disjuntor geral bipolar de 63A, um DR bipolar de 63A, outro disjuntor bipolar de 50A para a banheira 2, e mais um disjuntor bipolar de 20A para a banheira 1, que terá aquecimento solar. O quadro já veio com uns furos no fundo e prensa cabos, nós usamos tampões em alguns furos, mas será necessário abrir outros furos com uma serra copo na espessura dos uniduts cônicos de 1 polegada que irão receber os dutos.

Como o quadro já está furado a serra copo fica sem guia afinal a broca é menor que o furo existente, aí a serra fica dançando e não faz o corte. A sugestão do Charles foi usar uma madeira de guia para a serra copo e aí deu certo, olhem só, foi possível fazer o furo, então peguem essa dica aí, eu mesmo aprendi essa com ele.

Continuamos então a fazer os outros furos, aqui serão três adaptadores de 1 polegada que irão entrar pelo fundo do quadro pessoal. Furos feitos fica uma rebarba do plástico queimado, utilizamos um estilete pra dar o acabamento.

O próximo passo é encaixar os uniduts cônicos nos furos feitos, ele por si só já enrosca no furo dando sustentação, olha só como está ficando essa parte inferior do qdc aqui. E agora já estão todos os componentes de proteção fixados e também colocamos os tampões nos furos existentes que não iremos utilizar.