Como consertar refletor de LED queimado – PASSO A PASSO 

como consertar refletor de LED queimado

A dúvida de hoje é: Como consertar o refletor de LED queimado? Você sabe a resposta? Porque nós vamos te ajudar a resolver este problema agora mesmo. 

Bom,  se o seu refletor de LED está emitindo uma luz fraca ou piscando constantemente, temos boas notícias para você: Na maioria dos casos, o problema pode ser resolvido com facilidade. 

Ou seja, sem a necessidade de descartar o equipamento e adquirir um novo. Tá vendo como vale a pena ler o conteúdo a seguir? 

Sendo assim, neste passo a passo, vamos te mostrar como consertar um refletor de LED queimado, economizando dinheiro, evitando desperdício e conquistando a confiança de seus clientes. 

Vamos lá? 

Como recuperar meu refletor de LED queimado? 

Antes do passo a passo, tenho uma pergunta para te fazer: Você conhece a norma regulamentadora que garante sua proteção e segurança na rotina de trabalho? 

Bom, caso você ainda não tenha tido acesso a NR10, é fundamental que invista agora mesmo. Isso porque é ela a responsável por garantir que o seu trabalho seja executado da forma mais correta e segura possível. 

Agora, vamos ao que interessa: Como consertar refletor de LED queimado? Siga as instruções abaixo.

1º Passo: Desligue a Eletricidade

O primeiro passo essencial para garantir a segurança do profissional é desligar a eletricidade no disjuntor. 

Sendo assim, vale reforçar que ele precisa ser desligado antes de realizar qualquer trabalho de manutenção no refletor. 

Certifique-se de que não há energia fluindo para o dispositivo antes de prosseguir. Certo? 

2º Passo: Verifique a Conexão Elétrica

Antes de retirar o refletor, verifique se realmente não está chegando energia a ele. Às vezes, problemas elétricos podem causar mau funcionamento. 

Agora, se você já verificou que a eletricidade está chegando corretamente e o problema continua, prossiga para a manutenção.

3º Passo: Desmonte o Refletor

Desparafuse a frente do refletor para acessar a pastilha de LED que precisa ser substituída. Aqui, tenha muito cuidado, pois a maioria dos refletores possui uma estrutura de vidro delicada.

Desse modo, com muito cuidado, remova o vidro de proteção. Em seguida, desparafuse a proteção de alumínio, também conhecida como difusor de luz. 

Por isso, essa parte é responsável por refletir a luz gerada pela pastilha e aumentar a luminosidade, abrangendo uma área maior.

Até aqui está tudo bem, né? Então, vamos seguir para o próximo passo!

4º Passo: Substitua a Pastilha de LED

Agora é a hora de substituir a pastilha de LED queimada. Sendo assim, é importante observar que você não deve usar uma pastilha de LED com potência maior do que a original, devido ao reator existente. 

Por isso, verifique a potência adequada (geralmente indicada no próprio refletor) e compre uma pastilha de LED compatível. Ela pode ser adquirida online por um valor entre R$20 a R$30, dependendo da potência.

5º Passo: Faça a Substituição

Utilize um ferro de solda para derreter os pontos de conexão e remover os cabos que alimentam a antiga pastilha de LED antiga. Mas, faça isso com cuidado em ambos os cabos. 

Após esse procedimento, retire a pastilha queimada e substitua-a pela nova.

6º Passo: Realize a Conexão Elétrica

Agora é o momento em que você deve respeitar a polaridade da pastilha e não inverter os cabos. Isso porque, essa atitude pode causar mau funcionamento. 

Desse modo, fixe a nova pastilha no lugar e parafuse-a para ajudar na soldagem dos cabos. Aqui, é importante fazer uma conexão elétrica adequada entre o reator e a pastilha, utilizando um ponto de solda simples.

7º Passo: Teste o Refletor

Agora chegou a hora de testar o refletor. 

Dessa forma, certifique-se de que ele está funcionando normalmente e emitindo a quantidade adequada de luz. 

Em outras palavras, dentro do estúdio ou na área de aplicação, você nota a diferença antes e depois da manutenção.

8º Passo: Monte o Refletor Novamente

Após a verificação final, parafuse a placa de alumínio de volta, tendo cuidado para não danificá-la. Em seguida, fixe a placa de vidro que serve como proteção. 

Lembre-se: É preciso manusear com muito cuidado para evitar quebras.

9º Passo: Teste Final

Faça um último teste para garantir que o refletor de LED de 30W esteja completamente recuperado e funcionando perfeitamente. 

Aqui, é necessário que você compare o desempenho antes e depois da manutenção para apreciar a diferença.

Conclusão 

Agora você tem um refletor de LED totalmente funcional, economizando dinheiro e evitando o desperdício de equipamentos. Além disso, seguindo o passo a passo correto você trabalha com mais profissionalismo e garante a confiança de seus clientes. 

Ou seja, você pode ter o reconhecimento que merece no mercado, além de aumentar seu faturamento mensal. 

Sendo assim, se você quer mais dicas como essa e ficar mais preparado para atender seus clientes com qualidade, não perca a oportunidade de adquirir o curso de eletricista profissional da Engehall. 

Clica no botão abaixo agora mesmo e mude o seu futuro! 

 

Além disso, aproveite para assistir mais conteúdos como esse no canal da Engehall. Um grande abraço e até a próxima,

Picture of André Mafra

André Mafra

Engenheiro Eletricista, sócio da Engehall Elétrica e Apresentador do Canal Engehall Elétrica, o maior canal que ensina elétrica na América Latina.