7 Dicas para conseguir o selo Great Place to Work

gptw great place to work

Você sabia que as empresas que tem o selo Great Place to Work podem aumentar seu faturamento em até 11 vezes? 

A procura por mão de obra qualificada é um desafio para todo recrutador. Mas o que muitas empresas ainda não admitem é que, cada vez mais, os profissionais de alto nível do mercado estão atentos à qualidade de vida que a empresa pode oferecer. 

O Great Place to Work é uma das mais importantes certificações de gestão de pessoas e qualidade de vida no trabalho. Você já imaginou como seria ter os melhores profissionais do mercado disputando para participar dos processos seletivos da sua empresa? 

Continue lendo e você vai aprender 7 dicas para alcançar a certificação Great Place to Work. 

O que é Great Place to Work? 

Great Place to Work, (Melhores lugares para se trabalhar) é um selo de qualidade que reconhece as melhores empresas para se trabalhar no mundo. 

Na década de 80 o jornalista Robert Levering foi convidado para escrever um livro sobre as melhores empresas para se trabalhar nos EUA. Ele cobriu por muitos anos assuntos relacionados ao trabalho, e logo de cara respondeu: “Não”. Para Robert, de acordo com a perspectiva dos funcionários, não existiria nenhuma empresa boa para se trabalhar no país. 

Mas o jornalista acabou topando o projeto, e fez uma nova proposta: ele iria entrevistar milhares de funcionários, de centenas de empresas do país, para conhecer suas relações com o trabalho.

Como ele já esperava, encontrou pessoas que odiavam seus trabalhos, suas empresas e seus chefes. O que ele não esperava era também encontrar pessoas que amavam o que faziam, e que também amavam a empresa em que trabalhavam. 

Robert percebeu que existem empresas excelentes para trabalhar. Mas ele também descobriu que qualquer empresa, em qualquer lugar, pode se tornar um excelente lugar para trabalhar. Foi assim que ele largou tudo o que fazia para abrir um pequeno escritório e se dedicar mais ao tema. 

O Great Place to Work é hoje uma consultoria global que dá suporte a inúmeras organizações no mundo. O objetivo é alcançar os melhores resultados implementando uma cultura de confiança e alto desempenho. Além da consultoria, a empresa oferece a famosa certificação Great Place to Work, reconhecendo os melhores ambientes de trabalho em 97 países do mundo. 

O potencial humano é o novo capital ativo das empresas. O líder que consegue conquistar seus liderados também conquista o sucesso no seu empreendimento. Para isso, eles precisam criar uma cultura que seja excelente para todos. Precisam construir o melhor lugar para se trabalhar. 

Quais as vantagens de ter um selo Great Place to Work ?

Segundo dados da própria GPTW, as empresas que possuem o selo geram 61% mais riqueza por funcionário e conseguem aumentar seu faturamento até 11 vezes mais do que a média do seu setor. 

Uma pesquisa da Capita Peaple Solutions constatou que 79% dos colaboradores entrevistados relataram ter sofrido estresse no trabalho nos últimos 12 meses. Além disso, 45% já consideraram deixar um emprego devido ao estresse que ele gera.

A saúde mental do trabalhador não é uma responsabilidade só dele. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), um local de trabalho que não é agradável é uma das principais causas de doenças mentais.

O trabalho ocupa uma parte significativa da nossa rotina. Por isso, o selo GPTW atrai os melhores talentos do mercado de trabalho. Além disso, uma empresa certificada se destaca da concorrência. 

A pesquisa no processo de certificação GPTW também ajuda a empresa a mapear os pontos de melhoria. A partir de uma entrevista com os colaboradores, a liderança vai ter em mãos um relatório completo sobre os pontos fortes e fracos da empresa. 

Como funciona o Great Place to Work? 

Todo processo de certificação dura cerca de 6 meses. Toda avaliação é feita com base na resposta dos próprios funcionários sobre a sua experiência na empresa. 

O processo é simples: a empresa se inscreve no site da GPTW e aplica o questionário a todos os colaboradores da empresa. 

As perguntas consideram a área que o profissional atua, sua relação com a liderança, o clima organizacional e o nível de confiança que o colaborador tem com a empresa.  

Para conseguir o selo a empresa precisa atingir uma média de 70 pontos, a partir de duas pesquisas: Cultura ( 33% dos pontos) e 5 dimensões (67% dos pontos). 

Quais critérios as pesquisas avaliam? 

  • Respeito: o quanto os colaboradores se sentem respeitados profissional e pessoalmente;
  • Credibilidade: o quanto os colaboradores confiam na integridade e competência dos gestores;
  • Orgulho: o quanto os colaboradores sentem orgulho ao dizer que trabalham na empresa;
  • Imparcialidade: o quanto os colaboradores consideram justo o tratamento, reconhecimento, remuneração e condição de ascensão que os gestores oferecem a todos.  
  • Companheirismo: o nível de proximidade e parceria entre as pessoas da empresa e o senso de comunidade das equipes. 

Além disso, a consultoria aproveita os dados recolhidos das milhares de empresas que conquistaram o selo para listar um ranking anual. O ranking é dividido em categorias: 

  • Multinacional, Nacional e Regional; 
  • Setor de atuação (tecnologia, agronegócio, hotelaria, etc); 
  • Temático (Gênero, LGBT+, Étnico Racial) .

No Brasil, o ranking é divulgado em parceria com a revista Época, que publica uma edição especial sobre as melhores práticas de gestão do ano. 

O que uma empresa precisa para ser Great Place to Work?

Ser uma empresa GPTW é um investimento a longo prazo. Não é só um formulário bem preenchido, mas envolve construir uma cultura organizacional humanizada. 

Por isso, separamos 7 dicas que vão de ajudar a conseguir a certificação Great Place to Work:

  1. Fortaleça a comunicação interna da empresa. A comunicação fortalece o senso de pertencimento e facilita a integração de setores e equipes diferentes.
  2. Invista em capacitação e treinamento das lideranças. Além dos treinamentos técnicos, promova capacitação sobre desenvolvimento pessoal, gestão de conflitos, comunicação e relacionamento. Também é essencial investir em treinamentos de segurança do trabalho, como o treinamento das normas regulamentadoras, por exemplo. Um ambiente seguro promove saúde mental e aumenta a produtividade.
  3. Crie uma cultura de feedbacks que funcione regularmente, de forma humanizada. Valorize os pontos fortes dos seus colaboradores e diga isso a eles com frequência. Também é importante fazer manutenção constante dos pontos de melhoria. Se você não fala, seu colaborador nunca vai saber onde pode melhorar.
  4. Ofereça benefícios aos colaboradores. Não fique só no básico. Entenda o que eles realmente desejam e precisam. Os benefícios que a empresa oferece são um investimento.
  5. Crie um plano de carreira para seus colaboradores;
  6. Mantenha uma relação aberta entre funcionários e gestores, fortalecendo a liberdade de expressar opiniões, ideias e críticas.
  7. Faça auditorias internas e se prepare antes da avaliação do GPTW. É importante fazer um diagnóstico regularmente da cultura organizacional da empresa. 

 

Quais são as melhores empresas para se trabalhar no Brasil?

Empresas com 10.000 ou mais funcionários: 

  1. Itaú Unibanco; 
  2. Magazine Luiza;
  3. Porto Seguro Companhia de Seguros Gerais;
  4. Localiza;
  5. Accenture do Brasil;
  6. Grupo Boticário; 
  7. Mercado Livre;
  8. Arcos Dorados (McDonald´s);
  9. Vivo;
  10. Americanas; 

Se você quer colocar sua empresa na lista das empresas mundialmente reconhecidas por oferecer o melhor lugar para se trabalhar, o selo GPTW é a chance de atrair os melhores talentos do mercado de trabalho. Além disso, você ainda vai fortalecer a conexão dos seus colaboradores com os valores da empresa, criando um ambiente de engajamento e crescimento. 

Esperamos que essas dicas sejam o início de uma jornada de crescimento em qualidade e segurança para sua empresa. 

Uma empresa GPTW fornece todos os treinamentos de segurança do trabalho necessários e obrigatórios, para seus colaboradores. Então conheça todos os Cursos de NR’s (Normas Regulamentadoras) da Engehall.

button_cursos-nr-s

 

 

 

 

Marlon Pascoal Pinto_autor blog engehall_ Marlon Pascoal Pinto
Responsável Técnico e Instrutor de Cursos de Capacitação em Segurança do Trabalho na Engehall. Além disso, possui formação técnica em Segurança Pública, graduação em Engenharia Elétrica e duas pós-graduações: uma em Engenharia de Segurança do Trabalho e outra em Higiene Ocupacional.