Ar condicionado desligando sozinho – Porque isso acontece? 

ar-condicionado-desligando-sozinho

Você já passou pela situação desconfortável do ar condicionado desligando sozinho bem na hora que está desfrutando do frescor do seu ambiente climatizado? Se sim, saiba que você não está sozinho. 

Esse fenômeno é comum de ocorrer, mas neste conteúdo vamos te contar tudo sobre ele. Ou seja, vamos te mostrar as razões por trás desse comportamento inesperado do ar condicionado. 

Além disso, vamos destacar as questões técnicas e dicas práticas para evitar esses desligamentos indesejados e fazer uma instalação assertiva e de qualidade. 

Você está pronto para descobrir o que significa ar condicionado desligando sozinho e resolver os problemas dos seus clientes de forma eficaz? Então, vem com a gente que vamos te mostrar tudo o que precisa para ser um profissional de sucesso

Vamos lá? 

O que significa ar condicionado desligando sozinho? 

Para início de conversa o fenômeno de ar condicionado desligando sozinho pode ocorrer por diversas razões, desde questões técnicas até configurações específicas do aparelho. Sendo assim, vamos listar alguns motivos abaixo: 

Proteção Térmica: Muitos sistemas de ar condicionado têm mecanismos de proteção térmica para evitar o superaquecimento. Se o aparelho atingir uma temperatura muito alta, ele pode desligar automaticamente para evitar danos.

Filtros Obstruídos: A obstrução nos filtros de ar pode levar a um superaquecimento do sistema, resultando no desligamento automático. Ou seja, manter os filtros limpos é crucial para o bom funcionamento do aparelho.

Problemas Elétricos: Falhas na alimentação elétrica, como variações de voltagem, podem fazer com que o ar condicionado desligue como medida de proteção.

Temporizador: Alguns modelos de ar condicionado possuem temporizadores programáveis. Sendo assim, o temporizador está configurado para desligar o aparelho em determinado horário, isso pode explicar o desligamento automático.

Desse modo, você como um eletricista instalador deve ficar sempre atento às condições e configurações dos aparelhos que estiver fazendo a manutenção. 

Agora, uma forma de evitar possíveis erros no funcionamento do ar condicionado é, exatamente, ficar atento à instalação correta deste aparelho. Pensando nisso, no próximo tópico vamos te ensinar. 

Instalação correta de ar condicionado 

Vamos lá! A ideia é instalar esses dois ar condicionados de 18.000 BTUs e fazer com que eles deem conta do recado no laboratório de climatização e na sala de produção, lá na frente da casa.

Agora, imagina só, ele é bem grandinho, mas a gente está aqui desbravando os mistérios desse universo do ar condicionado. É puxado, mas estamos determinados a desvendar todos esses segredos para você.

Então, para começar anote em um lugar que vai esquecer, todas as informações necessárias na hora de instalar o ar condicionado. Essa dica é fundamental para te ajudar na hora da prática, então, não se esqueça e ter o seu tutorial sempre do seu lado, certo?

Isso porque, esse é o guia que vai te ajudar a instalar corretamente um aparelho de ar condicionado, tanto nas laterais, nas condensadoras, quanto em saber qual é a distância padrão da tubulação. 

Desse modo, a marca que utilizamos no exemplo acima até aceita um espaço menor do teto, somente 3 cm. Mas olha, uma dica que podemos te dar é manter sempre uns 10cm de distância. Isso porque, facilita a parada na instalação e ainda contribui com os ajustes mais pra frente. 

Agora, na hora de pregar o suporte, marque direitinho onde vai a tubulação de volta e a de líquido. Isso vai descomplicar a conexão mais pra frente e evita dor de cabeça de ter que voltar atrás. Depois de cravar o suporte, manda bala na serra copo a uns 11cm da lateral, fazendo aquele furo.

Instalação da condensadora

Antes de fazer o furo, incline a serra. Isso ajuda a água a escoar quando a chuva resolver aparecer. Outro detalhe importante é selar o buraquinho com espuma expansiva, para garantir que a parada fique bem vedada.

A tubulação faz o trajeto de dentro pra fora. Por isso, depois de fazer uns malabares com as curvas e ajustes, joga o isolamento térmico. Uma parte fica na espreita na parede e a outra se joga pro lado de fora, se conectando na condensadora.

Lá fora, é hora de casar a condensadora. Nesse rolo, é uma de 18.000 BTUs, então tem que conferir se a tubulação tá com o visual perfeito, tá ligado? E, olha só, eu tô usando um suporte de 500mm sem solda, porque o de 400mm é furado, não faz o trampo direito.

Ligação elétrica 

Depois de engatar tudo e pregar tudo no lugar, você vai precisar do cabo de energia e do cabo de comunicação que liga a condensadora com a evaporadora. 

Sendo assim, eu sempre aposto nos terminais, só pra ter certeza que a conexão fica perfeita. Por exemplo, com os canos e os fios na fita, é hora de armar a evaporadora. Faz os flanges e as conexões, depois parte para ligação elétrica e dá aquele trato final no equipamento.

Enquanto isso, do lado de fora, a gente já tá tocando o procedimento de vácuo. Manda o nitrogênio para fora, dá aquela conferida se tá tudo hermético, beleza? 

Assim, depois de todos os testes e check-ups, solta o nitrogênio e acopla a mangueira de vácuo. Pronto, a instalação tá quase no ponto!

Ferramentas para a instalação do ar condicionado

E agora, pra finalizar a instalação e evitar o ar condicionado desligando sozinho, fica ligado na lista de ferramentas que são mais essenciais:

  • Martelete, Furadeira e Parafusadeira;
  • Nível de parede, Trena, Lápis ou Caneta para marcação;
  • Serra copo diamantada (65MM especificamente);
  • Brocas (números 6, 10 e 12);
  • Chaves variadas (Catraca Philips, de aperto, inglesas ajustáveis;
  • Flangeador, Língua chata, Escareador e Cortador de tubos;
  • Bomba de vácuo e Vacômetro;
  • Conjunto manifold, Cilindro de nitrogênio com regulador;
  • Molas curvadoras, Maçarico manual, Alargador de tubos;
  • Termômetro, Balança digital, Alicate amperímetro, Chaves allen e Maçarico portátil turbo torch.

Muitos eletricistas já têm uma parte desse arsenal. Mas olha, não deixa de reconhecer que essas ferramentas não são gastos, são investimentos. Elas são parte essencial para um trabalho de qualidade, ok?

Conclusão 

Agora, já destacamos todos os seguredos para você ser um mestre na instalação de ar condicionado e evitar possíveis erros nos aparelhos de seus clientes.  

Sendo assim, a Engehall tem uma grande oportunidade para você, então não deixe passar batida. Faça o curso de instalador de ar condicionado e aumente a sua renda mensal nesse calorão. 

Essa chance está batendo na sua porta. Seja o melhor profissional da sua região agora mesmo!